sábado, 8 de outubro de 2011

Poesia como alimento para a alma

O poeta Fabiano Silmes

Marcelo Mesquita

            Na Lapa, bairro boêmio do Rio de Janeiro, o poeta Fabiano Silmes nos brindou com o lançamento de seu primeiro livro de poesia, intitulado Comida para Bicho-Cabeça (Editora Multifoco, 2011). Aos 13 anos, Fabiano já gostava e lia alguns pensamentos de John Lennon, Mahatma Gandhi, Oscar Wilde, entre outros. A partir dos 15, quando conheceu a poesia de Manuel Bandeira, não parou mais de escrever. Além disso, a música também teve uma forte influência em sua vida poética.
            E foi num lugar descontraído, ao som de chorinho e ao sabor de um bom vinho, que o poeta recebeu os amigos e concedeu uma entrevista ao Duo Postal. Entre tantas coisas, Fabiano nos conta sobre o início de sua carreira e de seus projetos culturais para o futuro.

Duo Postal: Quando foi que começou seu gosto por poesia?

Fabiano Silmes: Meu gosto por poesia começou quando conheci Manuel Bandeira. Eu acho que foi um divisor de águas, pois até então eu tinha uma visão equivocada mesmo da poesia. Achava muito formal e o Bandeira veio desconstruindo essa imagem, me mostrou uma poesia extremamente fácil, agradabilíssima, porém profunda.

Duo Postal: A música teve um papel importante em sua vida literária?

Fabiano Silmes: Eu comecei a perceber mais a poesia através da música. Grupos como Legião Urbana, The Doors, Cazuza, Titãs, entre outros. Foi devido a eles que pude notar a musicalidade das palavras e a vida que elas têm.

Duo Postal: Como foi o processo para escolher quais poesias entrariam no seu livro?

Fabiano Silmes: Confesso que foi um processo bem difícil. Eu procurei selecionar em duas partes. Para o meu primeiro livro, venho com uma poesia mais sentida, menos densa. Meu segundo vai condensar tudo que foi elaborado no primeiro. Grandes poetas amigos meus contribuíram muito para o meu caminhar, como Rômulo Narducci, Emanuel de Jesus, sempre deram opinião e fui selecionando a partir do conceito de todos.

Fabiano Silmes autografa seu livro Comida para bicho-cabeça
Duo Postal: Qual é a sensação, depois de tanto tempo escrevendo, e agora estar concretizando em livro seus escritos?

Fabiano Silmes: É uma realização. As poesias precisavam de uma casa para abrigá-las. Creio que foi uma realização tanto para mim, como poeta, quanto para as minhas poesias, como forma livre de pensamento. É como dar vida às poesias.

Duo Postal: Que tipo de projetos você ainda pretende trabalhar?

Fabiano Silmes: Estou escrevendo um livro de crônicas. Estou com um curta-metragem em andamento que escrevi em parceria com o cineasta Vitor Hugo e mais para frente, quero trabalhar com teatro também.

Duo Postal: O que o leitor pode esperar de seus próximos trabalhos?

Fabiano Silmes: Densidade. À medida que o tempo vai passando, eu vou tendo uma visão mais densa e vou construindo sobre o alicerce que está sendo esse primeiro livro.

Duo Postal: Como você define o Comida para Bicho-Cabeça?

Fabiano Silmes: O alimento para as almas.
Fotos: Marcelo Mesquita

17 comentários:

  1. Poesia LOL da hora !

    acessa ae: http://manolofailbr.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Bom artigo, tua profissão tá garantida!

    ResponderExcluir
  3. primeira vez aqui! legal sua entrevista. assim como vc tambem gosto de expressar mesu sentimentos e pensamentos atraves de palavras.
    confira e comente ( critique também!)

    http://blogestarcomvoce.blogspot.com/2011/09/o-amor-e-um-jogo-de-azar.html

    ResponderExcluir
  4. Ótima entrevista! Parabéns!
    Tudo que alimenta a alma de coisa boas me faz muito bem!
    Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Não gosto de poesia mas o vinho é bom

    ResponderExcluir
  6. Quem dera um dia tenha um livro meu publicado, eu entendo a emoção doc ara ao completar um projeto desse e o melhor é ver que ele tem muitos outros em mente, bela entrevista fera, parabens

    http://desagrupador.com.br
    Blog de quadrinhos e tirinhas

    ResponderExcluir
  7. Gostei da entrevista e posso garantir-te que se algum dia eu chegar à ler o livro, terei o prazer de comentar sobre ele por aqui.

    Agora sobre o post como um geral eu achei-o muito interessante, mas acredito que ele poderia ser melhorado com a publicação de uma ou duas poesias deste livro.

    Um abraço.

    ---

    Acessem o Pelota Online e entrem na arte do futebol!
    http://pelotaonline.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Muito bom

    http://muitacoisabizarra.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Aprendeu a gostar de poesia com Manoel Bandeira, igualzinho a mim e ainda é fã de The Doors! hehehe!
    Boa entrevista!!

    ResponderExcluir
  10. Otimo blog, otima entrevista e o livro também deve ser muito bom, não sou muito fã de poesias mas tenho bons poetas em minha familia então vejo um pouco delas, mas parabéns e sucesso sempre...Depois se tiver um tempinho visita lá o meu blog ;D

    http://www.noindoevindodoinfnito.com/

    Beijinhos ;*

    ResponderExcluir
  11. Oláá,
    Gostei do seu blog e adorei o seu post!
    Favoritei!
    beijos

    visita lá:
    http://joycebc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Obrigado por visitar o Apaixonadas por Cosméticos, volte sempre!
    Beijos
    http://apaixonadasporcosmeticos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Muito bom seu blog faz uma visita ao meu blog tb http://fallconny-diversidade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Boa sorte pro escritor, espero também ter essa sorte!!!
    Gostei bastante da Bio do blog! Quero ser jornalista!

    ResponderExcluir
  15. Primeiramente parabéns a vocês por construítem um blog unindo o pessoal de jornalismo. Sobre a postagem, eu escrevo artigos no meu blog. Já não é muito simples e nem muito rápido.

    Ecrever poesias tem dificuldade maior, e admiro muito quem escreve (e quem lê também), não só a poesia como textos em geral, que tem esse hábito.

    Gostei do seu blog e estou seguindo. Abraços e feliz natal.

    http://pactodevida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Tão legal ver alguém que é amante das palavras desde cedo publicando o próprio livro. Me inspira. Quem sabe um dia chega a minha vez? =)

    :*

    http://hey-london.blogspot.com

    ResponderExcluir