quarta-feira, 29 de junho de 2011

Os desafios do Jornalismo Cultural

Anne Araújo

O jornalista cultural Ricardo Schott, que hoje atua como crítico musical no site Laboratório Pop conta um pouco de sua vida e experiências.  Ricardo revela que é formado em psicologia e atuou na profissão por um bom tempo, porém sua grande vontade era falar de música. Niteroiense, Ricardo Schott trabalha como jornalista desde 2002, mas só se formou em 2003. Ele trabalhou por dois anos no Jornal do Brasil, colabora para a Billboard e para diversos blogs de música.
Ricardo conta o que faz para garantir seu espaço no meio cultural, “é ousado querer ser jornalista cultural, afinal, todo mundo quer. Tento fazer com que meu trabalho saia diferente. Por exemplo, quando vou a qualquer entrevista pego uma frase solta para servir de ponto de partida do meu trabalho. Isso fará com que a leitura fique mais interessante”.
Perguntado sobre o papel que as redes sociais têm assumido na hora de fazer novas descobertas musicais, Ricardo reforçou que o jornalismo absorveu tudo isso. Ele deu como exemplo o que Ed Motta faz no Twitter.
“O Ed Motta faz o que muitos assessores de imprensa não conseguem, ele publica lá o nome de músicos que ele curte e que muitas vezes são desconhecidos. Ele coloca links com a música, vídeos do Youtube que no fim das contas ajudam o artista.” 
Ricardo recebe sempre muitos CDs de divulgação de artistas, coisas boas e ruins e para ele fazer essa seleção é uma atividade prazerosa e interessante. “Tenho que ser curioso para encontrar o que quero. É um trabalho difícil," afirma.

21 comentários:

  1. Interessante a postagem. Gostei do assunto. Adoro jornalismo.

    Abraços!

    http://semdorsemvitoria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. muito legal seu blog apesar de ñ ter lido nada q tinha la mais gostei da organização !!!
    depois comenta o meu

    ResponderExcluir
  3. muito legal seu blog apesar de ñ ter lido nada q tinha la mais gostei da organização !!!
    depois comenta o meu



    http://giramundonews.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá, retribuindo a visita..agradecendo tbm :)
    Muito bom seu blog, parabéns! bjusss

    http://angelmartinss.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Belo blog e ótimo post.. perfeito..!

    ResponderExcluir
  6. Gostei do post :) também amo jornalismo!

    obrigada pela visita ao Distracting Pages. Sinta-se a vontade para voltar sempre que quiser.
    Super beijo

    http://distractingpages.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Rapaz...os desafios do jornalismo cultural passam por muitas veredas. Temos o massacre cultural do n=cinema Norte-Americano, na música então severos problemas de distribuição, teatro sobrevivendo a duras penas....
    Acredito que o jornalismo cultural deva ser a porta aberta a manifestações culturais que estão no Brasil sem que o grande público tenha acesso, o jornalista deve ser antes um pesquisador, conhecedor dos elementos...enfim...é uma árdua tarefa!


    meu blog: http://aieporreta.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. muito legal a postagem...bem interessante...

    ResponderExcluir
  9. Que legal. Bem que queria ter um trabalho desse. Faltou coragem. Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Ele tem q arranjar um pseudônimo impactante, tipo Schott-Gun.

    ResponderExcluir
  11. o jornalismo cultural é uma coisa tão intensa,e tão vivida, necessaria para a sociedade brasileira de modo que venha trazer a novidade, esse frescor, que precisamos tanto. Inovar nesse meio é preciso pois a concorrencia é grande, assim parabenizo pela materia, e pelo contexto, fora o blog que tem um layout muito agradevél.

    Obrigado pelo comentario mais que pertinente no meu blog, venho o convidar a voltar mais vezes, e seria uma honra se entra-se em minha blogosfera !

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Deve ser um trabalho difícil, porém muito prazeroso, acredito eu, pois trabalhar com cultura é muito interessante. Experimentei um pouco disso na época da faculdade de jornalismo e lembro que sonhava em ser jornalista cultural algum dia. Isso pelo fato de amar cinema e história em quadrinhos, queria até ter um site sobre isso.

    ResponderExcluir
  13. Interessante o post , estou seguindo o blog , gostei !

    ResponderExcluir
  14. Interessante!


    http://metalloud.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Muito bacana os temas que você aborda em cada postagem!

    Linguagem inteligente e acessível.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  16. De fato, para um jornalista se destacar hoje em dia é osso - não sou da área, mas imagino como seja - Até prq hoje qualquer um pode ser "jornalista", até capitão do corpo de bombeiros já vi atuar como jornalista.

    Intrigante!

    Parabens a vcs e a Ricardo, citado no post! Otimo blog!

    Abraços.

    andersonyankee.wordpress.com
    @andinhoyankee

    ResponderExcluir
  17. Eu gostei do post.
    gosto muito de jonlismo cultural. Metropoles da cultura é ótimioo. pena que o conteudo é pouco listo lido ou uvido

    ResponderExcluir
  18. Ser jornalista realmente tem que ser ousado, curioso e inteligente, o trabalho realizados por vocês é muito bom, mais digo do que estudam o caso, escreve ensinam sobre. Esse sim é um máximo, gosto de diversidade e para ser jornalista tem que ser de tal maneira. um motivo pela qual admiro essa carreira.

    ResponderExcluir
  19. durante 6 meses junto com um amigo coordenamos um site criado por nos mesmos para mostrar as atividades culturais em nossa cidade...

    era incrivel como ninguem ligava... fizemos uma material enorme... rico em conteudo... mas poucos eram os q valorizavam a cultura local...

    abraços
    .
    www.ouvindoparalamas.blogspot.com
    .

    ResponderExcluir