sábado, 21 de maio de 2011

Instalação de UPPs no Rio faz crescer a insegurança no restante do Estado

Segundo maior município em população teve aumento da criminalidade

Natássia Lima

Os altos índices de homicídios em São Gonçalo nos últimos meses revelam, entre outros dados, a vulnerabilidade da segurança pública. A polícia investiga uma ligação entre o aumento da criminalidade na cidade e a migração de bandidos do Rio de Janeiro para o norte Fluminense. Sobretudo, após a instalação de Unidades de Polícia Pacificadora (UPP) em comunidades dominadas pelo tráfico de drogas.
Um estudo aponta a migração dos traficantes para municípios vizinhos. Niterói e São Gonçalo estão entre as cidades mais procuradas. Nesses locais, o roubo de carros, assaltos a residências e apreensão de drogas aumentaram cerca de 70% em comparação ao ano passado.
O comandante geral da Polícia Militar, Coronel Mário Sérgio Duarte, afirmou que a falta de efetivo no 7º Batalhão de Polícia Militar é uma das causas do aumento da violência urbana. Segundo o Coronel, houve redução no número de policiais. Atualmente, a unidade conta com cerca de 650 homens para realizar o policiamento no município, que de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) possui aproximadamente um milhão de habitantes.
Os moradores da cidade têm sentido o aumento da insegurança que se reflete na alteração de suas rotinas. Como é o caso de Mirna Mattos, moradora do bairro Salgueiro, que afirma: “Eu nasci e fui criada aqui e o que tenho visto é um quadro muito triste na história da cidade. Temos convivido com bandidos nas portas de nossa casa, tiroteios constantes e vários amigos e parentes sendo vitimados. Esses dias estava me arrumando para sair com meu bebê e tive que me jogar no chão com ele por causa dos tiros.”
Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Estado, existe, porém, uma estratégia da polícia para impedir que as UPPs da capital Fluminense provoquem um aumento da criminalidade em outras cidades. Numa entrevista recente para um jornal do Rio, o governador Sérgio Cabral afirmou que outras UPPs vão ser instaladas ainda este ano, e que as regiões metropolitanas deverão ser contempladas.

31 comentários:

  1. Na minha opinião, mesmo com Upp não vai mudar a violência, nem vai impedir de traficantes continuarem a fazer comercialização das drogas.

    Carlos Victor
    http://comentariocriticoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Tomara que seja feita algum dia uma interferência mais eficiente para diminuir esse risco de violência nas comunidades cariocas. Afinal, eles já passaram por muitas coisas nesses últimos tempos.

    ResponderExcluir
  3. Concordo em número e grau com o comentário do Carlos, a situação está tão precária que acho difícil isso acontecer ;X

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Até quando isso ainda vai manchar a imagem do RIO?, d verdade fico me perguntando, é estado muito lindo mas a violência assusta.

    Tbm sou jornalista, e gostei muito do blog, parabéns e sucesso!

    Estou te seguindo..

    Leandro
    www.emquestao.org
    comente

    ResponderExcluir
  6. TENSO!!!!!
    kra, seu blog está mto bom
    layout bem bolado
    bem bacana msm
    ah! seus posts tmbm são da hora
    sem distinção
    parabéns pelo conjunto
    <>
    visite-nos e comente tmbm
    gostando siga e avise que retribuiremos
    se seguir deixe o aviso no comentário
    deixando o seu link para retribuirmos
    <>
    grato
    <>
    http://mikaelmoraes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Não sou especialista em segurança, mas acho a estratégia da implantação dessas UPPs um pouco falha, pois a polícia não conta com a fuga da bandidagem para favelas vizinhas e não armam um cerco para encurralar esses vermes, fora que cometem abusos quando invadem os morros. É uma faca de dois gumes, ao mesmo tempo que a Estado consegue tomar conta do lugar, a violência não é extirpada.

    Abração pra vcs.

    ResponderExcluir
  8. Não precisa só de UPPs, mas tbm de planejamento e investimento. Quanto mais Upps, mais policiais eles vão precisar, então precisa de um planejamento estratégico envolvendo várias coisas, inclusive algumas mudanças nas leis.
    Eles deixaram chegar até esse ponto, agora será necessário muito trabalho pra pelo menos melhorar um pouquinho.

    ResponderExcluir
  9. Como diria Renato Russo: "A violência é tão fascinante e nossas vidas são tão normais..."

    ResponderExcluir
  10. Numa palestra que o chefe das comunicações, Cel. Ibis deu na minha faculdade ele disse quanto as UPP'S que ainda não há tanto motivo para comemorar. E vendo como a violência está se diversificando no Rio, com o aumento visivil dos assaltos em ruas, até esse arrastão no metrô, não é só nos outros estados que há a preocupação com a insegurança.

    http://www.papel40kg.com/

    ResponderExcluir
  11. A questão da violência está cada vez mais calamitosa, não só no estado do RJ, mas em todo Brasil! Desse jeito, onde vamos parar??

    http://cacadores-de-deus.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Pelo que entendi a criminalidade apenas migrou de lugar. Isso demonstra que só as UPPs não resolvem o problema. O xis da questão é desatar os nós que envolvem essa a criminalidade, que vão desde legislação até políticas públicas em áreas de vulnerabilidade social.

    Se quiser comentar meu novo post, acesse:

    http://midiacidada.blogspot.com/2011/05/anti-jornalismo-noticia-servico-do.html

    Abs

    ResponderExcluir
  13. Concordo com o Michel, a violência apenas migrou para São Gonçalo. O que dá uma falsa sensação de de diminuição da mesma aqui no Rio,
    quando na verdade ela apenas diluiu. As UPPs estão dando resultado realmente, porém acho cedo dizer que é esta a solução definitiva, ou mesmo que as UPPs
    não está dando certo. Vamos ter paciência e torcer para tempos melhores.

    http://poisonmandyfpb.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Quando o que nos levar a praticar violência for sanado aí sim poderemos acreditar em dia encontrar paz.

    Bjo ;)

    ResponderExcluir
  15. Mesmo com Upp acho q isso ñ vai mudar! Sempre haverá violência e traficantes no Rio...
    É uma pena, + eh a realidade!
    http://lilianevidal61.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  16. concordo com a lili vidal
    .
    .
    me segue to seguindo vc
    .
    bardotwitter.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Parabéns ao blog!!
    Adorei os posts e, como estudante de jornalismo, já estou seguindo também!
    Raquel, blog: http://jornalkell.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. É um resultado esperado da política de ocupação de território. Agora recuperado o território a apreensão dos marginais passa para um status normal e não de guerra. A pergunta é ira funcionar?

    ResponderExcluir
  19. Isso realm,ente mancha a imagem doestado.

    ResponderExcluir
  20. Típico da administração brasileira...sempre tampando o sol com a peneira!

    ResponderExcluir
  21. Olá Duo Postal ^^
    Eu sempre costumo ignorar os pré-julgamentos pois alguém que julga sem conhecer me faz crer
    que essa pessoa é fútil e indigna de minha amizade. Porém em certos casos isso se torna um
    incômodo perante o fato de que pode-se perder uma boa amizade por um motivo alheio sem qualquer fundamento.

    http://www.empadinhafrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Essa constatação é mais que óbvia... Evidente que a criminalidade na região vizinha só tinha que aumentar, afinal de contas, a UPP expulsa bandidos, mas não acaba com eles, logo, é natural essa migração. A UPP é sem dúvida alguma uma boa solução, mas já apresenta sua principal falha. A questão de segurança é ampla demais, e as ações deveriam vir acompanhadas de estudos de impacto em outros lugares. E necessária uma ação de ordem nacional.

    http://estacaoprimeiradosamba.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. que massa!me visita cara se quiser parceria me diz em um dos meu comentários!

    --------------------------------------------------------------
    zoeirasanimada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. sempre suspetei que aconteceria isso..
    apesar de não ser do rio..
    todo mundo sabe como a banda toca não é?

    abraços e obrigda pelo carinho lá no meu blog..

    abraços..

    ResponderExcluir
  25. o Rio ,os lugares ,falam que é muIto violentO
    ,mas tambem há outras coisas veja abaixo

    Felipe Fraga e Eliseu Junior ,Falam sobre a Animação Rio ,de Mauricio Carlos Saldanha,

    http://podcastcinema.blogspot.com/2011/05/podcine-23-rio-rindo-rira.html

    ResponderExcluir
  26. Olá, parabéns pelo blog, to seguindo.

    Quando puder segue lá também:

    http://www.interessediario.blogspot.com

    Valeu!! Ah, tenho uma dica, vale apena conferir:

    Ganhe dinheiro fazendo buscas no Wibi
    *Para começar você ganha R$ 10,00 para utilizar o buscador.
    *Cada busca no WiBi é contabilizada e se você atingir o mínimo de R$ 100,00, já pode receber o seu pagamento.
    *Quanto mais pessoas indicar, mais você ganha
    *Cada pesquisa válida vale R$ 0,02 (dois centavos) e você acumula quando seu indicado ou você buscar
    *É real viu, basta se cadastrar: http://www.wibi.com.br/cadastro/?amigo=93296
    Valeu, aguardo você lá!!

    ResponderExcluir
  27. Só a Upp não resolve não, tem que haver outro tipo de intervenção em relação a esse tipo assunto.

    http://comentariocriticoo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  28. Dificil resolver esse tipo de problemas de maneira facil, é como dizem falar é uma coisa e fazer... ah fazer é outros quinhentos. Pra resolver só com muito planejamento.

    Abrcs.

    ResponderExcluir
  29. Em algumas comunidades os moradores não aceitam as UPPs porque mesmo com os traficantes, pelo menos eles ajudam as famílias. Precisa ser analisado com cuidado. Adoro este blog, acessem: http://danilofutebol.blogspot.com/

    ResponderExcluir